Veja onde fazer um cartão com limite pré-aprovado

A crise econômica pode ser muito prejudicial para qualquer cidadão. Em períodos como esse é muito difícil não contrair dívidas. Isso reforça a ideia de que é necessário se organizar financeiramente.

Quando uma pessoa se dedica a pagar suas faturas e contas em dia e, ainda assim, economize dinheiro todos os meses, as empresas financeiras geralmente emitem créditos chamados limites pré-aprovados.

Esse serviço é bastante atraente por dar às pessoas a possibilidade de investir em reformas, compras, comodidades e etc. Além disso a taxa de juros é menor. Aqui neste artigo mostramos como funciona esse serviço com dicas para quem deseja obtê-lo.

Onde encontrar?

Talvez em bancos ou instituições financeiras em que os compradores brasileiros tenham contas correntes, possa haver linhas de crédito pré-aprovadas.

Do que se trata?

Várias pessoas pensam que este é um tipo de cheque especial. Mas existe uma diferença entre eles. É necessário solicitar esse serviço através de empréstimos ou cartão de crédito. Já no caso do cheque especial é um tipo de limite. Esse limite estará disponível automaticamente quando você não possuir saldo na conta. Sendo assim, as principais características do serviço são:

1.     Possibilidade de solicitação do empréstimo diretamente no caixa eletrônico da agência, sem a necessidade de procurar o gerente;

2.     Necessidade de atenção às taxas e juros cobrados para que não surjam surpresas desagradáveis no futuro;

3.     O vencimento do pagamento do crédito deve ser conhecido antecipadamente para evitar atrasos ou inadimplências.

O crédito pré-aprovado é confiável e pode excluir solicitações com mais rapidez que os créditos convencionais. Isso por que as cooperativas de crédito geralmente realizam uma análise de crédito dos usuários e, com base no resultado dessa análise, aceitam ou reprovam as solicitações desse serviço. Nesse sentido, pessoas com nome negativado não possuem a menor chance de obtê-lo.

Confira abaixo as principais etapas da solicitação.

Registro de informações: O funcionário do banco usará suas principais informações pessoais para fazer o registro dos seus dados no sistema. Informações como o nome completo, CPF, telefone e e-mail, por exemplo, são as principais.  Você também receberá informações gerais sobre o serviço, mercadorias importantes e formas de pagamento.

Conferência do limite: Nesta fase, a empresa faz uma análise para verificar as dívidas pendentes. Nesta fase, as dívidas obtidas em outras instituições também contam.

Conferência de dados: É uma analise suas demonstrações financeiras e verifica se o requerente é um bom pagador.

Detalhamento da renda: Nesse estágio, o banco avalia seu orçamento mensal para saber se você possui condições financeiras de pagar em dia o serviço. Cabe ressaltar que os bancos aceitam solicitações de crédito como parâmetro e não podem exceder o limite da sua renda mensal. A porcentagem é dada de acordo com a empresa, mas, em geral, correspondem de 20% a 30% do seu orçamento do mês.